22 abril, 2016

Pessach: a páscoa judaíca!

Você já ouviu falar da Páscoa Judaica? Sabe quando ou o porque é comemorada? Hora de entender!!!
Foto: Google Image

.

“Deus dê aos judeus uma nova liberdade, assim como aquela que deu no Egito, e que esta liberdade seja eterna.”(Autor desconhecido)

Hoje é celebrado o Pessach (do hebraico פסח, ou passagem) é a “Páscoa judaica“, também conhecida como “Festa da Libertação“, e celebra a fuga dos hebreus da escravidão no Egito em 14 de Nissan no ano aproximado de 1280 a.C. – fonte Wikipédia.

A Páscoa judaica (ou hebréia) é a celebração “original”, criada antes da vinda do Cristo para celebrar a passagem dos hebreus pelo mar, depois de serem libertos da escravidão.

img-384492-durante-pessach-nenhum-alimento-pode-ter-fermento-na-mesa-ma

Essa celebração é cheia de ritos e simbolismos.

Pessach caracterizava-se por ser uma das três festas de peregrinação ao Templo de Jerusalém. Um mês antes da festividade, Jerusalém tinha suas estradas reformadas e poços restabelecidos para garantir o conforto dos peregrinos. Geralmente todos aqueles que distanciavam trinta dias de jornada de Jerusalém vinham para as festividades, o que aumentava a população de cerca de 50 mil para cerca de três milhões. Os peregrinos geralmente se hospedavam na cidade e em cidades vizinhas, em acampamentos ou em casa de conhecidos.

Em 14 de Abib, pela manhã, o chametz (alimento fermentado) era eliminado e os sacerdotes do Templo preparavam-se para Pessach. O trabalho secular encerrava-se ao meio dia e se iniciavam os sacrifícios à quinze horas. A oferenda de Pessach constituía-se de cordeiros ou cabritos, machos, de um ano de idade, e abatidos pela família (era permitido um cordeiro por família) em qualquer lugar no pátio do Templo. O shochet efetuava o abate, e sangue era recolhido pelos cohanim em recipientes de prata e ouro, que passavam de um para outro até o cohen próximo ao altar, que derramava o sangue na base deste altar. O recipiente vazio depois retornava para novo uso. Estes recipientes não podiam possuir fundo plano para evitar a coagulação do sangue. Em seguida, o animal era pendurado, esfolado e aberto, e tinha suas entranhas limpas de todo e qualquer excremento. A gordura das entranhas, o lóbulo do fígado, os dois rins com a gordura sobre estes e a cauda até a costela eram retirados e colocados em um recipiente,

As oferendas de Pessach eram feitas em três grupos com cada um de no mínimo trinta homens. O primeiro grupo deveria entrar e quando o pátio do Templo estivesse cheio, os portões eram fechados. Os levitas entoavam o Halel e o repetiam, se necessário, até que todos houvessem sacrificado seus animais. A cada vez que o Halel era entoado os cohanim tocavam três toques de shofar: Tekiá, Teruá e Tekiá. Após a oferenda queimada das partes do sacrifício, os portões eram abertos, o primeiro grupo saía, entrava o segundo e se iniciava novamente o processo. E assim com o terceiro grupo. Após todos terem saído, lavava-se o pátio da sujeira que ali se acumulara. Um duto de água atravessava o pátio do Templo e havia um lugar por onde ele saía. Quando se queria lavar o chão, era fechada a saída e a água transbordava, inundando o recinto. Depois abria-se a saída e a água saia com todas as sujeiras acumuladas, ficando o chão completamente limpo.

Deixando o templo, cada família carregava seu animal sacrificado e o assava, fazendo em suas casas uma ceia festiva, onde todos se vestiam de branco. A ceia seguia os princípios do atual sêder de Pessach, com exceção da inclusão do cordeiro pascal. Após a ceia, muitos iam para as ruas festejar, enquanto outros iam para o Templo, que abria suas portas à meia-noite.

Com a destruição do Segundo Templo, a impossibilidade de haver um local de reunião e sacrifício tornou inviável a continuação dos sacríficios de cordeiros. Inicia-se então a transformação de Pessach em uma noite de lembranças, sem o sacrifício pascal.”

(fonte:avidadepastor.blogspot.com)


Leia mais:
| Noivos e Balões | Ensaio pré-casamento The Walking Dead |Histórias de amor nos rótulos das Cervejas | Como incluir seus pets no casamento | 10 coisas inesquecíveis dos casamentos dos anos 90 | Como fazer compras para o casamento no AliExpress | 5 dicas para noivas grávidas | Cuidados com a pele do noivo  | Guia de Fornecedores que vai fazer sua festa acontecer em grande estilo!

Gostou? Compartilhe!

Comente esse post no facebook...

Comente aqui no blog!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendados para você...

Voltar ao topo

Veja também

Confira já o nosso Guia

Procurados, achados e selecionados exclusivamente para você